Pular para o conteúdo

Alunos da St Nicholas ajudam 150+ crianças em projetos voluntários

  • por
  • 3 min read
Share this post on social!

Ensino de línguas estrangeiras é uma das principais atividades que os alunos proporcionam para crianças de bairros carentes de São Paulo

Estar em contato com diferentes realidades, entender seu papel no mundo e como é possível contribuir de alguma forma com a sociedade em que vivemos. Seguindo firme na missão de formar cidadãos preparados para o mundo, a St Nicholas School se orgulha de incentivar seus alunos a participarem dos mais variados projetos voluntários. 

Como parte essencial do IB, o Programa da International Baccalaureate utilizado na escola, o CAS, que significa “Criatividade, Atividade e Serviço” permite que os alunos se envolvam em diferentes ações desenvolvidas junto à comunidade escolar para ensinarem os que mais precisam. 

“Realizamos parcerias com diferentes associações comunitárias para que os alunos possam escolher os projetos de voluntariado com os quais querem contribuir de acordo com seus interesses, habilidades e paixões”, explica Marijke van Dijkhuizen, Coordenadora do CAS da St Nicholas School. “Sabemos que é um movimento de mão dupla, porque os alunos ensinam as crianças, mas também aprendem muito com cada uma delas”, conclui. 

Os principais projetos de voluntariado assistidos pelos alunos da St Nicholas envolvem justamente o ensino de línguas estrangeiras. No Bridge Project, por exemplo, os alunos dão aulas online para cerca de 70 crianças do Campininha em Cotia e da escola Neyde de Campos Melges no Jardim Miriam. Já em Paraisópolis tanto no CEI Santo Estevão Rei quanto no CCA São José, os alunos da St Nicholas dão aulas de Inglês e praticam esportes com as crianças. O mesmo acontece no ACOMI (Associação Comunitária Micael) no Jardim Boa Vista, em que 10 alunos ensinam inglês e espanhol para as crianças. 

Outro projeto de destaque é o Make a Wish em que os alunos realizam sonhos de crianças e jovens que possuem doenças graves, devolvendo esperança, força e alegria para elas. São os alunos da St Nicholas que correm atrás de tudo para fazer esse sonho se realizar, desde a arrecadação de fundos até pensar e executar a entrega de um presente ou como proporcionar uma experiência muito especial para elas. 

“Ter a oportunidade de participar desses projetos de voluntariado plantam uma sementinha em cada um de nós para seguirmos fazendo o bem para o próximo mesmo depois da escola”, comenta Isabela Aris, aluna da St Nicholas que está envolvida em mais de um projeto voluntário atualmente. “Sinto que temos muita autonomia e isso é muito importante para mantermos um equilíbrio entre nossos deveres e realizações”, finaliza. 

Sobre a St Nicholas: A escola começou na garagem de uma casa que dava para um lindo jardim e com uma pitada generosa de amor pelas crianças. Este foi o cenário de início daquela que viria a ser uma das mais acolhedoras escolas internacionais de São Paulo. Anna Kirsten começou com um grupo de 6 crianças da vizinhança no início dos anos 80 e ao promover atividades diferentes aos pequenos. As turmas foram crescendo até que a escola tomou forma em 1993 quando passou a se chamar St Nicholas School. No ano 2000 veio a autorização pelo IBO para implantar o PYP (Programa de Anos Primários) sendo a segunda escola do Brasil a fazê-lo. Em seguida foi introduzido o IGCSE (Certificado Geral Internacional de Educação Secundária) e o I.B Diploma Programme. O campus Alphaville foi inaugurado em 2016 e está crescendo a cada ano, em 2021 foi autorizada pelo IBO a utilizar o MYP (Programa dos Anos Médios). A expansão não para, nos últimos dois anos a St. Nicholas inaugurou o novo e moderno prédio do Primary em Pinheiros e um novo e moderno prédio em Alphaville.

Author

//
//
Alphaville
//
Pinheiros

Exclusive channel for parents interested in getting to know the school.