fbpx
Pular para o conteúdo

O que é bem-estar mental? Aspectos principais a saber

Share this post on social!

Como sabemos se estamos cuidando adequadamente do nosso bem-estar? E como podemos apoiar melhor a prosperidade de toda a comunidade escolar?

São grandes questões às quais devemos a nossa dedicação e expertise!

Confira algumas dicas para promover o bem-estar e a felicidade no dia a dia escolar e na vida.

O que é bem-estar mental?

O bem-estar é mais do que apenas sentir-se bem ou a ausência de doença, relaciona-se com oportunidades de funcionar, de se conectar, de aprender, de viver sem estresse excessivo e de manter o corpo, o cérebro e a saúde mental em equilíbrio.

Cada um destes elementos cruciais do bem-estar afecta profundamente todos os outros aspectos da vida das pessoas e dos estudos dos alunos.

De acordo com o Global Wellness Institute, podemos alcançar o bem-estar mental florescendo em quatro dimensões:

– mental (pensamento);

– emocional (sentimento);

– social (conectar);

– psicológico (funcionamento);

O bem-estar geral alimenta o corpo, envolve a mente e nutre o espírito. Os benefícios da satisfação pessoal podem ter um enorme impacto em nossas vidas.

O bem-estar na St. Nicholas

Considerando o crescimento holístico de nossos alunos, trabalhamos continuamente para proporcionar relacionamentos saudáveis ​​e um ambiente positivo para promover sua felicidade geral e satisfação com a vida.

Pesquisas mostra que os alunos felizes e mentalmente saudáveis ​​desenvolvem habilidades importantes como:

– resiliência e habilidades de enfrentamento;

– construir melhores relacionamentos;

– sentir mais responsabilidade social;

– experimente maiores níveis de concentração, motivação e energia.

Como educadores, vemos cada aluno como em sua totalidade, alguém além de seu “desempenho acadêmico”. Por essa razão, tentamos garantir que a sua voz e protagonismo tenham forte presença nos nossos princípios de aprendizagem.

Capacitamos os nossos jovens para agirem de forma produtiva e para adquirirem o conhecimento e as competências necessárias para lidar com os muitos desafios que o nosso mundo enfrenta.

Funciona como um ciclo, no qual o bem-estar do aluno é a base para uma aprendizagem significativa, e essas experiências marcantes reforçam o seu bem-estar.

O Centro de Bem-Estar da St. Nicholas

Para ajudar a cumprir a nossa missão para cada aluno, a comunidade St. Nicholas tem o Centro de Bem-Estar para providenciar conforto e prosperidade mental.

Nossa prioridade está focada no desenvolvimento das habilidades sociais e emocionais de cada aluno, bem como em sua autoconfiança nos estudos e nas interações da comunidade escolar. Com isso em vigor, nossos pupilos estão mais bem equipados para seus estudos e vida além do campus.

Para nós, o Centro de Bem-Estar tem como objetivo geral prestar serviços de bem-estar aos estudantes em parceria com os restantes departamentos pedagógicos.

Para alinhar metas e expectativas dos alunos em relação ao seu bem-estar, nós:

– Ouvimos ativamente e acolhemos o sofrimento e as dificuldades individuais;

– Visamos o bem-estar estudantil;

– Apoiamos e mentoreamos educadores;

– Aconselhamos e orientamos as famílias;

– Estabelecemos parcerias com especialistas externos (psicólogos, psiquiatras, entre outros).

Sendo assim, conectamos toda a comunidade escolar.

Caminhos para o bem-estar mental:

O bem-estar mental é um processo ativo e dinâmico que envolve todos os aspectos de nossas vidas. Esses aspectos nos afetam de alguma forma e influenciam nossa saúde mental porque estão inter-relacionados.

Baseia-se em como você se sente em relação a si mesmo e à sua vida. Desse modo, é difícil mensurar o bem-estar dada a sua subjetividade.

Veja abaixo algumas dicas sobre como promover o seu bem-estar:

caminhos bem estar mental

Fonte: https://globalwellnessinstitute.org/what-is-wellness/mental-wellness/

Author

  • Betina Fonseca

    Psicóloga Escolar & Guardiã do Bem-Estar.

    Betina é uma apaixonada mãe de dois jovens homens, que ama viajar e passar um tempo com sua família. Graduada em psicologia pela PUC-SP, ela tem dedicado parte de seu tempo e estudos à educação bilíngue há mais de 15 anos.