Pular para o conteúdo

Psicologia Infantil: O que é e como funciona?

  • por
  • 10 min read
Share this post on social!

Antes de iniciarmos a definição do termo psicologia infantil é necessário compreender que o universo das crianças é multifacetado e várias coisas estão envoltas na infância. 

A criança está inserida em vários ambientes que a afetam e isso deve ser observado com atenção. Entre esses ambientes podemos citar a família, a escola, a sociedade, as questões culturais, econômicas, o convívio com as outras crianças, e ainda as questões genéticas, entre outros aspectos da vida que influenciam no desenvolvimento delas. 

Várias situações podem influenciar a vida das crianças e o seu processo de desenvolvimento, dentre elas podemos notar situações rápidas e de fácil cuidado e outras que exigem um acompanhamento profissional para melhor atender a demanda da criança naquele momento e permitir um desenvolvimento cognitivo e de gerenciamento das emoções de maneira saudável. 

Pensando nisso, vamos entender um pouco sobre a psicologia infantil e como funciona a psicoterapia voltada para a saúde mental dos pequenos. 

O que é psicologia infantil?

A psicologia infantil é voltada para a análise do comportamento das crianças, considerando as situações que afetam seu desenvolvimento e causam impacto nas emoções e no aprendizado, assim como na sua qualidade de vida. 

A psicologia infantil busca alternativas para ajudar as crianças a encarar seus medos e angústias através de estratégias psicoterapêuticas que auxiliam na ressignificação de eventos traumáticos, que por vezes a criança não consegue expressar pela fala, mas por ações e descontrole emocional que podem ser superados com a ajuda profissional e na construção de um ambiente cada vez mais seguro para o seu crescimento. 

Dessa forma a psicologia infantil é o termo mais amplo sobre o cuidado com as questões psíquicas das crianças, que envolve principalmente o cuidado com a sua saúde mental. 

O trabalho da psicologia infantil é feito através da psicoterapia que pode ser definida como o cuidado efetivo com a saúde mental das crianças, ajudando na compreensão do seu comportamento, demonstrando para a família e para as crianças como lidar com as situações que envolvem medo, angústia e insegurança, de modo a se sentirem acolhidos. 

Assim, um ponto muito importante na psicologia infantil está no acompanhamento não apenas da criança, mas da família como o suporte principal delas nesse processo de autoconhecimento e construção da confiança. 

Qual a importância da psicologia infantil?

A criança passa por diversas fases de desenvolvimento e o cuidado com a saúde mental é algo de extrema necessidade para que todas as fases sejam vividas de maneira saudável e sem interrupções que podem gerar problemas no seu desenvolvimento. Daí o importante papel da psicologia infantil nesse processo. 

Nós adultos temos mais facilidade de expressar nossos sentimentos e frustrações, e mesmo que isso não seja uma realidade para todas as pessoas adultas, mas a regra é que sabemos o que gostamos e aquilo que não faz parte da nossa identidade, tendo a capacidade plena de expressar nossos desejos de forma verbal. 

Com as crianças isso é diferente, visto que elas estão descobrindo os acontecimentos da vida e a forma de expressar seus sentimentos muitas vezes não vem acompanhada de palavras, mas de atitudes que precisam ser lidas nas entrelinhas para que a ajuda seja providenciada. 

Sendo assim, o fator de grande importância da psicologia infantil é a capacidade de entender aquilo que a criança não consegue expressar em palavras. 

Como funciona a psicoterapia infantil?

Existem diversas ferramentas para ajudar as crianças a expressar seus sentimentos e pensamentos dentro da psicoterapia, entre essas ferramentas os profissionais utilizam de forma direcionada os jogos, brincadeiras, desenhos, entre outras técnicas de observação para estabelecer comunicação com as crianças. 

Você deve se perguntar, mas como um desenho pode ajudar a compreender um problema comportamental da criança, por exemplo? 

As crianças têm a sensibilidade de captar emoções do ambiente e das pessoas e isso pode se refletir no seu comportamento.

Por muitas vezes elas podem presenciar situações que geram confusão e até sofrimento mental e apenas conseguem expressar por meio das ferramentas que são utilizadas em seu processo de desenvolvimento como os desenhos, e no próprio modo de brincar e se comunicar com as outras crianças. 

Dentro dessas expressões os profissionais da psicologia conseguem perceber o que as crianças pensam sobre situações, pessoas e sobre elas mesmas. Assim, o comportamento delas diz mais do que as palavras na maioria das vezes, por isso a necessidade de atenção diferenciada.

O acompanhamento constante dos pais nesse processo é imprescindível, e a psicoterapia deve atingir toda a família para que os resultados realmente sejam eficientes para as crianças.

A escola é outro ponto de apoio importante na psicologia infantil, considerando que as crianças passam bastante tempo do seu dia no ambiente escolar, estabelecendo convivência com seus pares e com os adultos que formam o corpo de educadores da escola. 

Sinais de que a criança está com problemas psicológicos

As crianças precisam de observação constante no dia a dia para que possamos entender qual conteúdo é traumático e qual conteúdo é reacional. 

Dessa forma, essa é uma das grandes preocupações dos pais com relação ao comportamento dos filhos e como agir frente a isso. 

Um fator de extrema importância para os pais, cuidadores e educadores e para todas as pessoas que fazem parte do cotidiano das crianças é a observação das mudanças de comportamento. Porém, reconhecer que elas estão em sofrimento psicológico é uma tarefa complexa que gera dúvida para os pais. 

Existem muitos sinais que podem ser notados nas crianças que se encontram com alguma dificuldade psicológica, daí a insegurança e dificuldade dos pais nessa identificação. Podemos citar algumas dessas ações e ajudar você, papai ou mamãe a observar de maneira mais precisa alguns comportamentos que podem ser indicativos de sofrimento psíquico. 

Um forte indicativo e que logo é notado por todos ao redor da criança é a dificuldade de socialização, tanto com adultos como com outras crianças, além de um comprometimento no aprendizado, na capacidade de concentração e atenção entre outros motivos, como:  

  • Isolamento social 
  • Irritabilidade 
  • Agressividade
  • Timidez e introspecção excessiva
  • Melancolia e tristeza persistente
  • Ansiedade 
  • Dificuldades para comer e dormir 
  • Comportamentos competitivos 
  • Comportamentos compulsivos 

Além desses sinais ligados às questões comportamentais e sentimentais, alguns aspectos físicos podem ser indicativos de que a criança está necessitando de acompanhamento psicológico, tais como: dores de barriga, palpitações, falta de ar, suor nas mãos e nos pés, vômitos, vermelhidão no corpo

Esses sintomas acontecem de maneira involuntária, guiados pelas emoções, referentes à saúde mental, mediante situações que causam ansiedade nas crianças.

Quando notados, esses sintomas devem ser isolados como sendo fisiológicos ou patológicos, por médico pediatra ou especialista, assim, podendo ser tomadas as medidas quanto a tratamentos psicológicos infantis, com a ajuda da psicoterapia, devolvendo a qualidade de vida para criança e o brilho da infância para o seu filho.  

Como ajudar as crianças a se sentirem confiantes e vencerem seus medos?

As dúvidas sempre surgem quando o assunto é o cuidado com nossos filhos, por isso é importante estar aberto a receber ajuda nesse processo de educar e tratar as necessidades das nossas crianças. 

Um ponto forte é o acesso a profissionais bem preparados para receber as crianças e ajudar a tratar problemas psicológicos, sejam de cunho preventivo ou sintomático.

O medo é uma emoção básica e necessária em nossa vida para proteger a todos nós dos perigos iminentes. Todavia, quando esses medos se tornam excessivos e se apresentam alinhados aos sintomas que citamos anteriormente, podem ser um forte indicativo de que a criança precisa de ajuda profissional para superar esse obstáculo. 

Podemos ajudar as crianças a vencerem ou lidarem com o medo de forma preventiva ou remediativa. Algumas dessas medidas são: 

  1. Oferecer apoio e segurança: dar importância para o medo da criança de modo que ela se sinta apoiada naquela situação. 
  2. Lidar com o medo de forma gradual: não forçar o contato com a situação ou objeto fóbico, mas incentivar de maneira gradual esse contato, respeitando os limites da criança à medida que ela vai ganhando segurança. 
  3. Identificar a fonte do medo da criança: identificar onde ocorreu a situação que causa medo na criança, ou desconforto excessivo é um passo importantíssimo para ajudar seu filho.
  4. Desmistificar o medo da criança: demonstrar para as crianças que às vezes a situação que gera medo é algo da nossa imaginação. Um exemplo seria o monstro debaixo da cama, onde você pode lidar de maneira compreensiva demonstrando para elas de forma segura que não tem nenhum monstro e que todos nós temos receio de algumas coisas na vida. 
  5. Não usar o medo de forma pedagógica: o objeto de medo não deve ser utilizado como forma de ameaça para a criança. Isso pode gerar mais frustração e ocasionar traumas imensuráveis. 
  6. Elogie quando a criança superar o seu medo: é muito importante que ela sinta segurança para superar os seus medos e que a superação desses desafios seja reconhecida.  

Como lidar com a frustração infantil?

Todos nós apresentamos comportamentos disruptivos e com as crianças isso é muito comum. 

Uma das primeiras coisas a fazer, é entender a que situação esse comportamento está ligado, fazendo uma análise do que pode ter gerado a frustração na criança e como ela tem lidado com isso. 

Algumas estratégias podem ajudar a lidar com a frustração infantil, como agir de forma madura diante da situação que ocasiona a frustração, demonstrando segurança e não dramatizando o momento de irritabilidade. 

Demonstrar a solução para o problema pode ajudar no controle das emoções da criança, sendo importante oferecer apoio, ajudando-as nos desafios do aprendizado diário, principalmente nessa fase de descobertas. 

Benefícios da terapia infantil

Identificar o sofrimento psíquico em crianças e adolescentes e buscar ajuda o quanto antes, pode transformar a vida de todos e preservar o melhor da infância para o seu filho. 

Pensando nisso, os benefícios da terapia infantil podem ser percebidos logo nos primeiros acompanhamentos e um ponto importante, que deve ser sempre lembrado, é de que toda a família precisa participar desse processo. 

A terapia infantil apresenta para os pais o esclarecimento sobre as ações das crianças, possibilitando o acesso a técnicas que ajudam a entender e lidar com elas no enfrentamento desse problema. 

E para os pequenos é notória a mudança na qualidade de vida, onde os medos começam a ser superados e o bem-estar é promovido. 

O aumento na confiança da criança para descobrir o mundo a sua volta, compreendendo que existem situações que são difíceis na vida e tendo a certeza de um ambiente estável para o seu crescimento, melhorando o relacionamento com seus pares, familiares e professores, alinhados ao desenvolvimento de habilidades emocionais, são grandes vantagens da terapia infantil. 

A escola como aliada na busca pelo melhor desenvolvimento da criança

A compreensão sobre a ação da psicologia infantil no processo de identificação dos comportamentos nocivos à saúde mental dos pequenos, têm na escola uma importante aliada nesse processo de adaptação para a vida em sociedade, encorajando as melhores ações para o bom desenvolvimento das crianças. 

A inserção da criança em uma escola com formação humanizada, baseada no respeito ao próximo através de uma educação globalizada, internacional e multicultural propicia uma experiência educacional saudável e enriquecedora.

Pensando nisso, conheça agora mesmo a St. Nicholas School, a melhor escola infantil particular de São Paulo, com proposta internacional de ensino em um ambiente inspirador e motivacional, com profissionais de excelência e infraestrutura adequada para o bom crescimento dos seus filhos.

Clique no link para fazer admissão agora mesmo!

https://stnicholas.com.br/admissions/.

Author

  • St. Nicholas School

    St. Nicholas School is a school with an international education with the aim of developing responsible, confident and caring citizens. Teaching students to ask the right questions, to get to the right places for them. You can find St. Nicholas School in Pinheiros and Alphaville.

//
//
Alphaville
//
Pinheiros

Exclusive channel for parents interested in getting to know the school.